Selecione uma língua
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Português
  • Español
  • O grupo ADP usa o Rapid Learning para desenvolver competências empresariais fundamentais

    "Nós tivemos sucesso em desenvolver uma cultura de treinamento com os nossos colaboradores e ganhar o apoio dos nossos administradores."

    Rodolphe LEGENDRE

    Diretor de Business Process Improvement na França

    ADP

    close

    O grupo ADP usa o Rapid Learning para desenvolver competências empresariais fundamentais

    Setor

    Mídia & Telecom

    Desafio

    Compliance e políticas corporativas

    Fundado em 1949, o grupo ADP (Authomatic Data Processing), especializado em RH, remuneração e soluções para gestão de tempo, sempre privilegiou a inovação em sua estratégia corporativa. Portanto, começar a se concentrar em soluções de e-learning, em 2010, foi um passo natural. Como um grupo internacional, o ADP identificou nisso uma oportunidade para impulsionar seu capital humano em direção à melhoria do desempenho.

    Adotando o Mohive, a ferramenta de concepção de conteúdo de e-learning da CrossKnowledge, o grupo ADP conseguiu reunir uma equipe de administradores e consolidar seu catálogo de treinamento em poucos meses. O grupo agora oferece à sua equipe conteúdo personalizado e direcionado que corresponde às expectativas profissionais.

    Determinados a melhorar a qualidade de seus serviços ao cliente, a ADP recorreu à experiência da CrossKnowledge em 2010. “Nós queríamos melhorar a nossa capacidade de resposta às necessidades dos nossos 10.620 clientes, manter a base de conhecimento da equipe que os apoia diariamente em seus projetos e expandir o nosso programa de treinamento presencial”, explica Rudolphe Legendre, Diretor de Business Process Improvement na França.

    Como a capacidade de resposta era extremamente importante, a ADP decidiu se libertar das barreiras envolvidas na terceirização do desenvolvimento de conteúdo. Seu principal objetivo era treinar o pessoal nas noções relacionadas à especialidade da empresa: salário, legislação, processos e ferramentas internas. O segundo passo envolveu tópicos mais multifuncionais, como gestão de tempo e qualidade do serviço ao consumidor. “Inicialmente, visamos principalmente gestores e pessoal técnico. Em seguida, ampliamos o treinamento para todos os colaboradores, para que nossas equipes pudessem melhorar seu desempenho operacional.”

    Simplicidade: um recurso chave no processo de desenvolvimento de conteúdo

    As funcionalidades tecnológicas do Mohive permitiram que o grupo ADP, como provedor de conteúdo, desenvolvesse módulos de treinamento a distância de maneira independente. “Para facilitar a apropriação da solução, nós redigimos um manual que permitisse que nossa equipe de RH e nossos colaboradores de e-learning gerenciassem iniciativas de desenvolvimento de conteúdo. Nós queríamos que eles fossem capazes de desenvolver um módulo completo e funcional em apenas uma semana”, explica Rudolphe Legendre. Esse manual capacitou os administradores a avançar rápida e metodicamente. A estratégia se mostrou uma prática tão relevante que a CrossKnowledge deu um passo à frente, desenvolvendo e difundindo o método de 7 dias. Em termos de distribuição de tarefas, a equipe da ADP cria roteiros internamente, e os módulos são, em seguida, desenvolvidos por uma equipe que está alocada na Tunísia. O controle de qualidade é realizado internamente, assim como a publicação do conteúdo nos programas de treinamento. “Graças ao Mohive, conseguimos segmentar o processo de desenvolvimento e compartilhar tarefas por diversos perfis”, diz Rodolphe Legendre. A simplicidade da ferramenta e a sua capacidade de integrar conteúdo em diferentes formatos (áudio, vídeo, imagens etc.) também atraíram a ADP. “A diferença aqui é que o treinamento corporativo principal não é realizado por um departamento central de treinamento, mas por um conjunto de equipes cujo papel é apoiar a implantação deste tipo de projeto”, explica.

    Comunicação com foco em treinamento individualizado

    Quando a ADP começou a desenvolver seu próprio conteúdo de e-learning e implantar programas de blended learning, precisou lidar com um obstáculo imprevisto.

    “Em 2010, ainda era difícil convencer as nossas equipes que o e-learning era relevante para as suas necessidades. Nossos colaboradores achavam que esse método de ensino era inadequado para a aquisição de novas competências. Para superar isso, lançamos uma nova iniciativa de aperfeiçoamento profissional e gestão de treinamento. Comunicamos por e-learning e presencialmente usando dados explicativos, orientações e webinars, com foco na difusão do conhecimento de modo personalizado”, diz Rodolphe Legendre. Os resultados não demoraram a surgir: “Nós tivemos sucesso em desenvolver uma cultura de treinamento com os nossos colaboradores e ganhar o apoio dos nossos administradores”.

    Os números falam por si: 93 módulos de treinamento já foram desenvolvidos, sendo que 63 deles foram publicados em 24 ciclos de formação. Com 2.330 funcionários na França, a ADP agora possui 1.890 contas ativas. “Depois do sucesso do projeto na França, em 2011, nós o desenvolvemos em todas as nossas subsidiárias estrangeiras para que pudéssemos compartilhar nossos recursos de treinamento. Embora não sejam, de fato, especialistas em treinamento, muitos de nossos funcionários tornaram-se plenos desenvolvedores de conteúdo e compartilham sua experiência internacionalmente”, conclui Rodolphe Legendre.