Selecione uma língua
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Português
  • Español
  • janeiro 2019

    Tome melhores decisões estratégicas: o novo programa de Olivier Sibony

    Olivier Sibony Strategic decisions making - HEC

    Muitas vezes, bons profissionais tomam decisões que se mostram ruins. Não é uma questão de quem toma a decisão, e sim de como ela é tomada. Essas decisões são impactadas por vieses que todos temos, e que nos desviam da racionalidade. Nesta nova coleção, Olivier Sibony compartilha alguns insights que a ciência comportamental descobriu recentemente para superarmos esses vieses. Graças às suas dicas bastante práticas sobre como desenvolver processos que levam à boas decisões, você fará escolhas melhores e mais inteligentes.

    Olivier Sibony 

    Olivier Sibony é escritor, educador e consultor especializado em estratégia, tomada de decisão e organização do processo decisório. Olivier passou 25 anos como consultor, especialista e diretor nos escritórios de Paris, Nova York e Bruxelas da McKinsey & Company. Como professor convidado da HEC de Paris, Olivier ensina Estratégia de Negócios e Estratégia Corporativa. Seus principais interesses em pesquisas incluem o efeito da heurística e dos vieses na tomada de decisões estratégicas e os procedimentos para melhorar a qualidade das decisões.

    Como tomar melhores decisões estratégicas

    A técnica “jogo de guerra”

    Usando o exemplo da Procter & Gamble, Olivier Sibony demonstra como a técnica “jogo de guerra” pode ser usada para considerar o impacto potencial de um plano estratégico.

    Vencer a falácia do planejamento

    Projetos de qualquer tipo geralmente excedem em termos de custo e prazo. Olivier Sibony revela por que essa é uma regra e não exceção, e explica como você pode fazer previsões mais precisas para evitar que isto aconteça.

    Renovar a âncora da sua próxima reunião de orçamento

    Frequentemente há demasiada inércia em reuniões de orçamento e alocação de recursos por elas serem afetadas por uma âncora, um fenômeno psicológico que fixa um número na mente dos participantes e influencia suas decisões. Olivier Sibony revela como você pode superar esta tendência com a técnica da renovação de âncora para obter mais flexibilidade e desafiar o contexto atual.

    Não seja uma vítima da febre de lances

    Por meio de uma história sobre a aquisição de uma grande empresa francesa, Olivier Sibony compartilha sua visão de como você pode evitar a “febre de lances” quando estiver emocionalmente envolvido nas tomadas de decisão dos negócios.

    Antes um pre-mortem do que um post-mortem

    Após qualquer tipo de acontecimento surpreendente, algumas pessoas irão alegar que as evidências sempre estiveram presentes e o resultado poderia ter sido previsto. Como você pode oferecer a essas pessoas a oportunidade de se expressarem antes do acontecimento? Olivier Sibony apresenta a técnica pre-mortem, e revela a capacidade que ela tem de fazer com que você antecipe, e assim evite, desastres.

    Ter mais opções para tomar melhores decisões

    Quando precisamos tomar uma decisão, frequentemente adotamos um modo binário e estabelecemos apenas duas opções de escolha, em que nenhuma delas seria a solução ideal. Olivier Sibony oferece dicas para você ampliar suas opções e gerar ideias criativas para tomar decisões mais sensatas.

    Melhores práticas: lide com cuidado!

    Por meio do exemplo da “classificação forçada”, uma técnica conhecidamente usada pela General Electric e reproduzida por várias outras empresas, Olivier Sibony explica os perigos de copiar melhores práticas e revela a melhor forma de inspirar-se em outras empresas.

    Nunca pergunte ao barbeiro se você precisa cortar o cabelo

    Com uma frase do famoso magnata Warren Buffett, Olivier Sibony ilustra como garantir que você ouviu os dois lados da história pode levar a uma melhor tomada de decisões.

    A técnica anti-portfólio

    Nossa experiência nos leva para tomar melhores decisões, mas esta mesma experiência também pode trazer um excesso de confiança contraproducente. Neste vídeo, Olivier Sibony explica por que manter um registro dos seus erros pode te ajudar a adquirir a humildade necessária para tomar grandes decisões.

    Um teste objetivo é um teste vencedor

    Usando o exemplo de uma varejista multinacional, Olivier Sibony ilustra como você pode conduzir um teste de forma apropriada para torná-lo realmente eficiente.

    Cuidado com o pensamento único

    Por meio do exemplo da Invasão da Baía dos Porcos em 1961, Olivier Sibony explica o motivo por trás das dinâmicas de grupo levarem a um pensamento único e decisões medíocres, e revela o que você pode fazer para vencer este fenômeno.

    Superar a tendência da confirmação

    Por meio da história do julgamento de OJ Simpson, Olivier Sibony explica por que as pessoas são propensas a ouvir apenas o que reafirma suas convicções e ignoram o que as contrariam. Isto é o que chamamos de tendência da confirmação. Descubra o que Olivier Sibony recomenda fazer para combater esta tendência.

    close