Selecione uma língua
  • English
  • Français
  • Deutsch
  • Português
  • Español
  • julho 2018

    Como construir uma organização saudável: a nova série de videocasts de Patrick Lencioni

    As dinâmicas de equipe são complexas e, muitas vezes, repletas de disfunções e política. Para levar uma equipe ao sucesso, é importante compreender as raízes desse mau funcionamento. Contrário ao que se costuma pensar, essas causas são identificáveis e as disfunções podem, sim, ser corrigidas. Patrick Lencioni, identificou os cinco tipos de disfunções que podem existir dentro de uma equipe de trabalho:
    • Falta de confiança: o medo de se sentir vulnerável com as pessoas dificulta a construção da confiança dentro da equipe.
    • Medo de conflitos: o desejo de preservar uma harmonia artificial sufoca conflitos produtivos e ideológicos.
    • Falta de comprometimento: a falta de clareza ou de compromisso impede que os membros da equipe tomem decisões que vão manter futuramente.
    • Ausência de responsabilização: a necessidade de evitar desconfortos interpessoais impede que os membros da equipe cobrem dos outros as responsabilidades assumidas.
    • Desatenção aos resultados: a busca de metas individuais e de status pessoal desvia o foco do sucesso coletivo.

    É difícil superar esse tipo de disfunções, mas, com um mínimo de coragem e disciplina, é totalmente possível. Neste programa, você descobrirá como pode tornar a sua equipe mais coesa e eficaz. Você estará apto a explorar as habilidades e experiências do outro, evitando a perda de tempo com questões desnecessárias, desenvolvendo uma sólida cultura de feedback, otimizando suas reuniões, alinhando e engajando todos em torno de objetivos comuns.

    Conheça a introdução deste programa:


    Conheça os 34 videocasts:

    OS 5 TIPOS DE DISFUNÇÕES

    As 5 disfunções de uma equipe

    Patrick Lencioni detalha as 5 disfunções de uma equipe e explica que resolvê-las é fundamental para construir uma equipe mais integrada.

    • Falta de confiança: Os riscos de não aceitar sua vulnerabilidade

    Algumas pessoas podem relutar para mostrar sua vulnerabilidade, por exemplo, recusando-se a admitir seus erros ou limitações na frente de seus colegas. Esta é uma atitude que, de acordo com Patrick Lencioni, pode ser prejudicial para elas e para a sua equipe na construção da confiança. Vamos tentar entender o mecanismo em jogo por meio de uma história interessante.

    • Medo de conflitos: Entender os benefícios do conflito

    Muitas pessoas temem o conflito, já que é desconfortável. Elas não se envolvem em nenhum conflito, embora possa ser benéfico para a saúde da equipe. Patrick Lencioni explica por que o conflito silencioso pode ser perigoso.

    • Falta de comprometimento: Alcançar o comprometimento

    Neste vídeo, Patrick Lencioni mostra como a clareza e a discussão são fundamentais para obter o compromisso dos colaboradores da sua equipe.

    • Ausência de responsabilização: Por que é preciso se responsabilizar

    Patrick Lencioni revela que uma das maiores disfunções de uma equipe é a relutância das pessoas em se responsabilizar mutuamente. Ele explica por que é saudável quando os colegas podem fazer isso e por que o líder deve dar o exemplo.

    • Desatenção aos resultados: Focar nos resultados corretos

    Um problema comum nas empresas de hoje é as pessoas prestarem atenção aos resultados errados. Elas tendem a se concentrar nos resultados da sua equipe em vez dos resultados de toda a empresa. Patrick Lencioni explica por que é necessário mudar essa mentalidade.

    CONSTRUINDO A CONFIANÇA

    A importância de demonstrar vulnerabilidade

    Patrick Lencioni conta a história de um gerente cujo comportamento destruiu sua empresa. A história ilustra a importância de demonstrar vulnerabilidade se você quiser promover uma cultura de confiança dentro de sua organização.

    Construir confiança com base na vulnerabilidade

    Patrick Lencioni explica que um dos principais fatores que levam uma equipe ao sucesso é a confiança estabelecida quando cada integrante da equipe é sincero sobre seus pontos fracos e falhas. Descubra as vantagens de criar uma cultura em que as pessoas são abertas sobre suas vulnerabilidades.

    Há limites para mostrar sua vulnerabilidade aos colegas?

    Patrick Lencioni acredita firmemente que uma equipe desempenha melhor quando seus integrantes são honestos sobre suas vulnerabilidades. Porém, você precisa se perguntar se deve haver um limite para isso e se ele pode ir muito longe. Aqui está a resposta de Patrick Lencioni.

    DOMINANDO O CONFLITO 

    Os perigos de evitar conflitos

    Para Patrick Lencioni, não há dúvidas de que o conflito em uma equipe pode ser saudável. Neste vídeo, ele lista os principais perigos de não ter conflitos suficientes em uma equipe e explica por que isso pode levar à falta de envolvimento entre os participantes.

    Conflitos podem ser saudáveis

    Patrick Lencioni revela que tendemos a evitar nosso envolvimento em conflitos no trabalho, a fim de poupar os sentimentos dos nossos colegas, mas isso muitas vezes causa uma situação pior do que a que estamos tentando evitar. Descubra de que forma os conflitos podem ser saudáveis.

    Conflito: não tenha medo de sair do extremo

    Conflitos às vezes podem ter um efeito destrutivo em uma equipe. Essa é uma razão para evitá-los ou suavizar sua abordagem? Patrick Lencioni explica por que você não deve ter medo de sair do extremo.

    Como lidar com pessoas aversas ao conflito

    Nem todos se sentem confortáveis com conflitos, principalmente se fazem parte de uma cultura de aversão ao risco. No entanto, lidar bem com o conflito é fundamental para o bom desempenho de uma equipe. Patrick Lencioni fornece algumas dicas sobre como incentivar essas pessoas a se envolverem em conflitos, apesar da relutância.

    Estabelecer normas de conflito para a sua equipe

    Patrick Lencioni está certo de que o conflito é saudável para uma equipe. No entanto, nem todo mundo enxerga as coisas da mesma forma, pois cada um de nós é influenciado pela nossa própria história e cultura. Aqui estão as recomendações de Patrick sobre como conciliar as diferentes abordagens ao conflito.

    Resolver conflitos

    Patrick Lencioni compartilha uma lista de itens para resolver um conflito.

    Conhecer melhor as pessoas com quem você tem dificuldades

    Todos nós passamos por dificuldades com alguns de nossos colegas e tendemos a fazer julgamentos precipitados sobre as causas destes problemas. Patrick Lencioni explica por que é importante empenhar-se para entender as diferentes personalidades se quisermos interagir melhor com as pessoas.

    ALCANÇANDO O COMPROMETIMENTO DURANTE AS REUNIÕES

    Combater a reunião entediante

    Todos nós já participamos de reuniões entediantes, mas como podemos garantir que não somos os responsáveis por realizar uma reunião entediante? Descubra com Patrick Lencioni por que você precisa prender a atenção de seu público logo no início de cada reunião.

    Faça reuniões específicas

    Reuniões podem ser confusas porque frequentemente muitos assuntos são envolvidos na discussão. Patrick Lencioni sugere um método para dividir reuniões em diferentes tipos, para gerar mais clareza entre os participantes.

    Como garantir o comprometimento ao fim de uma reunião

    A forma como você conclui suas reuniões de equipe é crucial se você deseja evitar futuros problemas e certificar-se de que as decisões tomadas sejam devidamente aplicadas. Patrick Lencioni compartilha dicas para você garantir que todos saiam da reunião plenamente conscientes do que foi acordado.

    Efeito cascata nos resultados de uma reunião

    Após uma reunião, as pessoas geralmente pensam que estão na mesma página, mas esse não é necessariamente o caso. Isso pode causar problemas quando a comunicação é repassada. Patrick Lencioni compartilha algumas dicas sobre como concluir cada reunião para evitar esse tipo de problema.

    INCENTIVANDO A RESPONSABILIZAÇÃO COLETIVA E A CULTURA DO FEEDBACK 

    Desafiar os colegas a partir de um lugar de vulnerabilidade

    Lidar com pessoas que têm mais habilidades e conhecimentos do que você não significa que você não pode desafiá-las ou contribuir com o seu trabalho de alguma forma. Não fazê-lo iria privá-las de novas ideias e uma nova perspectiva que talvez elas não conheçam. Descubra com Patrick Lencioni a melhor maneira de sugerir melhorias.

    Quando você deve criticar colegas em público?

    Patrick Lencioni avalia o velho ditado: “Elogiar em público, criticar em particular”. Ele explica em que circunstâncias criticar em público tem seus benefícios.

    Desempenho versus responsabilidade comportamental

    Patrick Lencioni explica as diferenças entre o que ele chama de responsabilidade do desempenho e responsabilidade comportamental. Descubra por que os líderes devem ser honestos com seus colegas sobre atitudes que podem levar a problemas de desempenho.

    Reconhecimento versus compensação

    As empresas muitas vezes concentram suas medidas de incentivo na compensação e não o suficiente no reconhecimento. Patrick Lencioni explica por que isso é um grande erro.

    FOCANDO EM RESULTADOS COLETIVOS 

    Priorizar os objetivos coletivos em vez do ego

    Por meio de uma história do basquete, Patrick revela que é importante reconhecer quando as pessoas colocam seu ego à frente dos interesses da equipe e por que esse tipo de comportamento deve ser evitado.

    Qual equipe deve ser a sua número 1?

    Com as empresas virtuais e organizações em matriz, as pessoas fazem parte de várias equipes e muitas vezes se esforçam para saber qual delas priorizar. Será que é a equipe que elas gerenciam, por exemplo, ou a equipe de liderança a qual elas pertencem? Patrick Lencioni compartilha um conselho sobre esta pergunta complexa.

    ABRAÇANDO OS VALORES E A CULTURA DA EMPRESA 

    Identificar os valores da sua empresa

    Os valores de uma empresa muitas vezes explicam o sucesso dela. Mas como você os identifica? Patrick Lencioni compartilha algumas dicas para ajudá-lo a decidir quais valores sua própria organização incorpora.

    Como a definição de valores contribui para a diversidade

    Se você pensa que definir seus valores fundamentais o levará a recrutar de forma homogênea, pense novamente. Patrick Lencioni explica por que definir seus valores fundamentais realmente facilita a diversidade e não o oposto.

    A importância de contratar alguém compatível

    É muito fácil recrutar alguém para se concentrar na inteligência e nas habilidades técnicas e táticas dos candidatos, mas negligenciar o resto. Patrick Lencioni revela por que é crucial também verificar se o candidato se encaixa nos valores fundamentais e na cultura da empresa.

    Qual é o foco do onboarding?

    A orientação e o onboarding geralmente se concentram na divulgação de informações técnicas, mas ao fazer isso o foco é perdido. Patrick Lencioni explica por que o mais importante é compartilhar os valores e a história da empresa.

    Como e quando deixar alguém partir

    A decisão de despedir alguém é uma das mais difíceis que um gerente terá que tomar. É por isso que você precisa pensar muito antes de chegar a essa conclusão. Descubra com Patrick Lencioni quando e como você deve deixar alguém partir.

    Webinar

    Hora de Fazer um Check-Up na sua Estratégia de Educação Corporativa

    on-demand
    on-demand
    close